Think Different – Apple 1997 campaign

Here’s to the crazy ones. The misfits. The rebels. The troublemakers. The round pegs in the square holes. The ones who see things differently. They’re not fond of rules. And they have no respect for the status quo. You can quote them, disagree with them, glorify or vilify them. About the only thing you can’t do is ignore them. Because they change things. They push the human race forward. And while some may see them as the crazy ones, we see genius. Because the people who are crazy enough to think they can change the world, are the ones who do.” APPLE COMPUTER ADVERTISEMENT (1997)

Apple-Think Different 2

 

Best regards,

Fernando Cembranelli

CEO Health Innova HUB

Os Planos da Apple para investir forte na Saúde!

Que a Apple tem eminente interesse em entrar fortemente na área da saúde, isso já sabemos. Os wearables atualmente são sinônimo de informação, e com o Apple Watch e demais gadgets e apps da Apple, esses dados podem ser usados para inúmeras aplicações, como monitoramento de idosos, identificação de epidemias e descontos no plano de saúde.

A entrada da Apple no mundo da saúde tem sido aguardada há anos, e apesar de indiretamente estar no mercado com produtos com possibilidade de melhora na qualidade de vida do usuário, o Apple Watch, ainda não recebeu a atenção merecida nessa questão.

De acordo com a CNBC, a Apple sondou a Crossover Health, uma empresa de cuidados primários focada em atendimento e monitoramento de grupos empresariais.

A Crossover Health realiza um trabalho de consultoria para empresas, focando nos colaboradores e em sua qualidade de vida.

A compra da startup pela Apple seria basicamente para aumentar estatísticas e o uso de seus gadgets, assim aprimorando as analises realizadas pela empresa, aumentando sua base de dados e implementando novas funções e melhorias.

Por conta dos avanços nas negociações com a One Health, a sondagem da startup foi interrompida.

Tanto as iniciativas da Apple com startups quanto com a One Health são sigilosas, e ainda não existem informações sobre os próximos passos.

faixa-curso-empreendedorismo-saude

Participe do nosso Curso: Empreendedorismo e Inovação em Saúdeque acontecerá nos dias 7, 8 e 9 de Dezembro, em São Paulo. O curso teórico-prático incluirá visitas à excelentes empreendedores e startups de São Paulo e aulas com alguns dos maiores empreendedores e inovadores em saúde do país.

Dia 01/11, hoje, às 19 horas, o Curso será lançado oficialmente através de uma transmissão on-line.

      SAIBA MAIS

Obrigado

Felipe Ricci

HIHub Leader Development Program

felipe.ricci@hihub.co

 

 

 

 

HealthcareTrek 2017: Como a Tesla construiu um carro tão revolucionário quanto o Iphone?

Nos últimos anos, setores da economia presenciaram o surgimento de uma das empresas mais revolucionária da história. A Tesla Motors evoluiu o conceito de Premium, trazendo um carro elétrico sofisticado, com tecnologia de ponta, ainda não presenciada em grandes companhias de automóveis.

A transformação impactou a indústria e o consumidor, que exige um padrão superior de carro e de experiência.

Essa mesma transformação foi presenciada há uma década atrás, quando a Apple lançou o seu smartphone, diferente de tudo o que o mercado vinha apresentando e revolucionou a indústria de celulares para sempre.

A história nós já sabemos, mas e os fatores que impulsionaram ambas as empresas? As decisões e os riscos que ambas estavam dispostas a correr?

Levar as pessoas para o futuro

Durante os lançamentos dos modelos de Tesla, você notou a grade falsa (para passagem de ar) que diminuiu lentamente? Sem a necessidade de uma grelha, o Modelo S totalmente elétrico apresentava uma grelha falsa de tamanho completo – uma capa brilhante onde estamos acostumados a ver uma grelha.

No modelo seguinte foi atualizada uma grade muito menor, e quando Tesla revelou o model 3, finalmente aconteceu: não havia grade. Nunca foi necessário, mas adicionado e lentamente desapareceu para que o carro atinja as expectativas do consumidor.

Tesla
Repare na diminuição da grelha ao longo dos modelos Tesla

Lição aprendida: às vezes temos que ajudar a levar os consumidores ao futuro. Por exemplo, se seu produto é tão inovador que o consumidor terá dificuldade em saber o que é ou em que categoria se destaca, você pode considerar elementos visuais que, mesmo que funcionalmente desnecessários, guiem o entendimento do usuário sobre o produto.

Use tudo o que você sabe para exigir menos do usuário

Aproxime-se do seu Tesla, retire sua chave do bolso e as maçanetas deslizam para fora da porta. Mapeie uma rota no seu GPS, e seu Tesla irá avisá-lo se você conseguirá chegar com sua carga atual e quais as estações de recarga na rota.

A lição é simples: seja criativo sobre o que seu produto e sua experiência podem oferecer para exigir menos do usuário. Experiência envolve sentimentos, e tudo o que seu cliente quer é saber que o produto conhece ele. Pense como seu cliente e invista nessa empatia.

Tesla
Elon Musk, fundador da Tesla, SpaceX e Solar City.

 A Importância do Propósito

No “Secret Master Plan” de 2006, Musk compartilhou algo novo com grande parte de sua audiência: o carro esporte que eles fizeram foi apenas o começo. Eles construiriam uma grande variedade de carros em breve, em muitas outras categorias.

Por quê? Objetivo.
“O objetivo geral da Tesla Motors (e a razão pela qual eu estou financiando a empresa) é ajudar a acelerar o movimento de uma economia de hidrocarbonetos de mina e queima para uma economia elétrica solar, que eu acredito ser a principal, mas não exclusiva, solução sustentável “, declarou Musk.

O objetivo é claro na Tesla Motor: Repensar o futuro do transporte de maneira sustentável para todos, inclusive para o meio ambiente.

Hardware e Software

Essa característica certamente é a que mais se assemelha com a Apple. Criar uma máquina e um software de maneira que ambos se otimizem.

Todos sabemos que o hardware do Iphone não é o mais veloz, ou com maior memória RAM, mas em diversas comparações podemos testemunhar um desempenho melhor ou semelhante entre um Iphone e um outro celular Top de linha.

Tesla
Primeiro Iphone lançado no mercado.

Por quê?

O software é pensado para aquele celular, otimizando o desempenho em relação a câmera, conexão, sistema operacional, e todos os fatores que influenciam no funcionamento do sistema como um todo.

Algo semelhante é feito com o Tesla. Toda sua estrutura é pensada em conjunto com a tecnologia, o que torna o carro único e completamente inovador para o mercado.

healthcaretrak_semfiltro

A Tesla Experience na Healthcare Trek 2017 será um dos momentos mais marcantes da Missão de Saúde ao Vale do Silício em 2017, permitindo que os participantes sintam o futuro (29/9-07/10). Durante um dia inteiro teremos um Tesla Model X para locomoção entre o hotel e as visitas agendadas, sendo uma experiência única.

Tesla
Tesla Model X

MISSÃO DE SAÚDE AO VALE DO SILÍCIO 

Healthcare Trek 2017 é uma missão ao coração da transformação digital em saúde no Vale do Silício, que irá levar um grupo de transformadores em saúde para conhecer e interagir com os fundadores das startups digitais de saúde, que estão transformando o setor. Participaremos da Conferência Health 2.0, a maior Conferência de Startups em Saúde Digital do Mundo e teremos conversas transformadores com incríveis líderes em saúde de organizações como Stanford Biodesign, Startup HealthStackLivongo.

Participe!

 

Atenciosamente,

Felipe Ricci
HIHub Leader Development Program
felipe.ricci@hihub.co

 

 

Conheça a Forward: a Clínica do Amanhã, Hoje!

Durante a Healthcare Trek 2017, visitaremos a Forward, o projeto do Ex-Google, Adrian Aoun, para reinventar os cuidados de saúde com um toque de Apple, Netflix e AI.

Forward é um novo tipo de consultório médico, que reúne médicos de classe mundial com tecnologia avançada para gerenciar sua saúde e seus objetivos de forma proativa. Forward significa melhor qualidade, melhor acesso e uma melhor experiência.

forward

A Clínica possui 3 pilares:

  • Melhores médicos, treinados em medicina interna e familiar com experiência de instituições como Sutter, Stanford e Kaiser.
  • Melhor tecnologia de saúde, como testes de sangue em tempo real, triagem genética, sensores e machine-learning.
  • Melhores planos, feitos em colaboração com seu médico para trabalhar em direção a seus objetivos específicos.

 

Na clínica de San Francisco, os pacientes são encaminhados do lobby para um scanner de corpo infravermelho que lê seus sinais vitais.

Em uma sala de exame aconchegante, o médico puxa uma espécie de televisor no tamanho da parede, visualizando os dados do paciente. As recomendações médicas aparecem na tela e os algoritmos de reconhecimento de fala ajudam a transcrever a conversa em tempo real e adicionar aos registros de saúde do paciente.

Os pacientes podem passar na farmácia no próprio local ou por sensores de saúde, que captam seus sinais essenciais. Depois de sair pela porta, um aplicativo retransmite dados biométricos para a clínica, onde a equipe médica que monitora pacientes pode responder a mensagens de texto dentro de 30 segundos, 24 horas por dia.

forward.jpg
Scanner utilizado para medição primária do paciente

Mas o valor real você não vê. O alto grau de inovação do Behind Forward, o software de dados que executa o que a empresa promete será o novo sistema operacional para cuidados de saúde. Sua tese é que grande parte dos U$ 3 trilhões ou mais que os americanos gastam em cuidados de saúde a cada ano são extravagantes, com processos precários e mão-de-obra cara, diz o fundador da Forward, Adrian Aoun.

Como empreendedor em série, já tendo liderado projetos especiais no Google, Adrian Aoun vê os cuidados de saúde como um dos maiores problemas de engenharia, mais caros e desproporcionais do mundo.

Forward planeja ganhar seu dinheiro a longo prazo, operando uma rede global de clínicas de cuidados primários e construindo o back–end para executá-los, embora o plano ainda esteja em construção.

Para fazer isso, Forward está utilizando uma abordagem do Vale do Silício. A equipe do Forward, tirada do Google, Uber e Facebook, passou um ano assistindo médicos tratando os pacientes em sua clínica improvisada em um local de San Francisco. Suas observações levaram a repensar a visita ao médico desde o início.

 

healthcaretrak_semfiltro

MISSÃO DE SAÚDE AO VALE DO SILÍCIO 

Healthcare Trek 2017 é uma missão ao coração da transformação digital em saúde no Vale do Silício, que irá levar um grupo de transformadores em saúde para conhecer e interagir com os fundadores das startups digitais de saúde, que estão transformando o setor. Participaremos da Conferência Health 2.0, a maior Conferência de Startups em Saúde Digital do Mundo e teremos conversas transformadores com incríveis líderes em saúde de organizações como Stanford Biodesign, Startup HealthStackLivongo.

Participe!

 

Atenciosamente,

Felipe Ricci
HIHub Leader Development Program
felipe.ricci@hihub.co

HealthcareTrek 2017: Quais foram os 4 passos para criar o Vale do Silício?

O Vale do Silício se destaca há anos pela sua capacidade de reinvenção interna, superando expectativas, transformando ideias e mostrando que disrupção é questão de mindset.

Listamos alguns pontos para que essa transformação fosse possível.

1- Tenha uma corrida tecnológica com algum outro país

Durante a 2a Guerra Mundial, EUA e União Soviética disputavam todos os tipos de liderança, e desenvolvimento tecnológico era um dos segmentos mais importantes nesse confronto, afinal, praticamente todas as disputas eram encabeçadas por questões tecnológicas.

Em Harvard, um laboratório de desenvolvimento e pesquisa foi criado, e um dos líderes era Fredrick Terman, da Universidade de Stanford.

Terman acreditou no desenvolvimento dos projetos, e acreditou que prosseguir com tais pesquisas em Stanford seria ótimo para a região.

2- Tenha uma universidade de ponta

Terman iniciou uma investida em Stanford, criando um Centro de Pesquisa de Engenharia, o que facilitou no desenvolvimento da Universidade e atraiu jovens com foco em P&D.

stanford.jpg
Faixada da Universidade de Stanford

 

3- Tenha jovens disruptivos antes de todo mundo saber o que é disrupção

A Apple, Microsoft e Netscape entraram no Vale devido a alguns incentivos fiscais, mas sua criação e consolidação só foram possíveis devido a alguns nomes que já conhecemos muito bem e que com certeza acreditaram na inovação e na transformação acima de tudo.

4- Tenha a concorrência mais forte do mercado, ao lado

Sim, a Apple, Google, Facebook, LinkedIn, Netflix e Tesla, entre outras,   são empresas próximas, em muitos casos,  há menos de 30 minutos de distância. Esta proximidade traz uma busca incessante pela excelência e uma grande disputa por talentos. Apesar de alguns confrontos velados, as companhias se respeitam e “lutam” de forma saudável.

Conheça “in loco”o Vale do silício, numa missão focada em inovação digital em saúde: HealthcareTrek 2017

HealthcareTrek 2017 Health Innova HUB

Nossa Missão ao Vale passará por verdadeiros marcos na transformação tecnológica, que com certeza trarão inspiração para que você faça parte desta transformação.

Além da Conferência Health 2.0, visitaremos empresas revolucionários na área da saúde, como a Omada Health, que auxilia os usuários a melhorarem seus hábitos de vida.

Participe conosco dessa Jornada ao Futuro.

Feel The Future!

HealthcareTrek 2017: CLIQUE AQUI

Atenciosamente,

Felipe Ricci
HIHub Leader Development Program
felipe.ricci@hihub.co

As lições da Clínica do Amanhã!

Quando começamos a jornada da Clínica do Amanhã 2017tínhamos como meta superar o excelente evento que realizamos em 2014, realizar uma reflexão profunda sobre como será o futuro da relação médico paciente e conhecer os embriões desta realidade futura.

Clinica_do_Amanha_01

Nossa primeira constatação é que nem um dia inteiro ou dois seriam suficientes para abordar as mudanças que já estão ocorrendo no setor saúde, algumas relacionadas à tecnologia per se, outras relacionadas a novas formas de ver o paciente, como a recente valorização da experiência do paciente.

Neste período, fizemos mais de 20 entrevistas AO VIVO, com temas como “Serão os médicos substituídos por robôs?“,nossa entrevista de maior repercussão,  passando por “Storytelling na Saúde”, com o incrível Fernando Palácios, Como ter um consultório de sucesso”,com Bruno Rossini e Francinaldo Gomes e “O que é blockchain e qual seu papel na saúde?”com a incrível advogada Anne Chang.

Screen Shot 2017-06-12 at 11.26.16 AM

Foto: Entrevistas realizadas AO VIVO, via You Tube

Estas entrevistas agora encontram-se disponíveis on-line no canal Health Innova HUB e continuarão a provocar reflexões e provocações, além de terem despertado minha paixão por entrevistar e conhecer melhor a história das pessoas através de histórias. E certamente escutei histórias incríveis.

Também realizamos EXCELENTES entrevistas excelentes com ótimos empreendedores que estarão na Clínica do Amanhã, como Ana da Mata, founder da Lincare, Fabiana Couto, Coach e DM1, Daniela Camarinha, da You Care, Immo Oliver Paul, da Carenet, entre outros. Todos trazem a visão que a saúde necessita ser mais conectada, integrada e incorporar diferentes competências para tratar do paciente de modo integral.

Mais ainda, grandes empreendedores, estão construindo excelentes soluções baseados em suas experiências pessoais, ou experiência de familiares, com problemas vivenciados na saúde, como a Ana da Mata, da LinCare.

Certamente a Clínica do Amanhã será digital, conectada, focada na conexão dos dados clínicos gerados na vida diária do paciente, com o registro eletrônico do paciente já existente no hospital ou no consultório privado. Mas não é só isso, melhor saúde, vai além de simples tecnologia, passando por oportunidades para que os pacientes possam de fato,conhecer e fazer parte de comunidades que os apóiem em todas as fases de sua doença. Neste sentido, vale a pena conhecer o canal co-produzido por Fabiana Couto, Cozy: Diabetes+Leve

Dados certamente  serão muito mais valorizados, mas o mais chocante nesta jornada foi descobrir que wearables, quase não tem papel algum na gestão da saúde hoje. Não é à toa que as gigantes de eletroeletrônicos como Samsung e Apple estão mirando o nascente  mercado de smartwatches. Na realidade, o que se mira é o nascente mercado do monitoramento contínuo de dados vitais e essa é uma tendência que só vai crescer.

Apple Watch

 

Foto: Appe Watch

Samsung Smartwatch

Foto: Samsung smartwatch

Para terminar, acompanhe TODA esta jornada conosco, no próximo dia 23/06, das 09 às 18 horas. Faltam 15 vagas, a audiência está espetacular, teremos participantes de TODO o Brasil, temos confirmados  mais de 35 speakers e a programação está absolutamente INCRÍVEL!!! 

CONFIRAM: CLIQUE AQUI

Os participantes VIP e LITE terão direito a participar do grupo de WhatsApp e Facebook do evento, que já estão ATIVOS e CRESCENDO!

Atenciosamente,

Fernando Cembranelli

Berrini Ventures/Health Innova HUB

fernando@hihub.co