Onde estão as mulheres no VC ? 🕵️‍♀️🔎

Autor: Meu Primeiro Cheque

Em levantamento recente da ABStartups com o mercado, apenas 15% das startups são lideradas por mulheres.

Em março deste ano, realizamos um levantamento similar no @gvangels e verificamos que cerca de 50% das 32 startups investidas têm na sua alta liderança (CEOs, CMOs, COOs) mulheres empreendedoras. O nosso foco é em startups early-stage, mas fora desse recorte, a realidade não é tão colorida assim.

Além dos 15% gerais do mercado, o percentual de startups fundadas por mulheres que são investidas pelos fundos de VC brasileiros é ainda menor. Existe também um outro gap importante de investidoras em startups. No GVAngels, por exemplo, somente 13% dos membros associados são mulheres.

Para discutirmos ideias do que é possível ser feito, chamamos para uma conversa 4 mulheres incríveis que superaram essa barreira de entrada no VC e praticam a diversidade no seu dia a dia.

Neste episódio, o time do @elasevc assume o controle do Meu Primeiro Cheque. Sob a liderança da dupla @isafppassos, da Astella Investimentos, e @aliedmonica, da Vox Capital, co-fundadoras do movimento de diversidade no VC, as convidadas da vez foram a @jagatah, co-founder da Birdie e do GVAngels, e Bárbara Raymundo Alvim, sócia e ESG Officer da Oria Capital.

Venham conferir!! Vamos discutir ideias e mudar o cenário de VC brasileiro 💪📊
https://www.instagram.com/p/CM0SiXUhd7B/?igshid=11v6ovo2tazlf

Seja Membro HIHUB.TECH🌎: https://hihub.me/HIHUBTECH

Sobre Fernando Cembranelli

Médico formado pela UNIFESP, com Residência Médica, em Administracao Hospitalar, pelo Hospital das Clínicas da FMUSP e MBA com foco em Healthcare Management pela Fuqua School of Business (Duke University). Co-fundador do EmpreenderSaúde, Ex-gerente do Centro de Inovacao do HCFMUSP, partner da Live Healthcare Media e CEO do Health Innova HUB (Health Innovation HUB)

Ola, deixe seu comentário para nossa comunidade!