O que aprendi no MARS, o maior HUB de inovação em saúde do mundo!

A convite do governo canadense, tive a oportunidade de participar da Toronto Health Innovation Week 2017, uma semana repleta de atividades voltadas à inovação para a saúde.

Como esperado, vi startups incríveis, conheci VCs excepcionais focados em life sciences, mas acima de tudo tive a oportunidade de conhecer o maior HUB de inovação em life sciences do mundo, o que superou TODAS as minhas expectativas.

Já tendo ido três vezes para o Vale do Silício, China, Europa, Nova Iorque, NUNCA tinha visto nada parecido, nem remotamente parecido. Uma iniciativa que une o público, o privado e grandes doadores, que tornaram esta iniciativa possível.

Inaugurado em 2005, se tornou o epicentro do empreendedorismo em Toronto, estando localizado no meio do maior complexo médico do Canadá e tendo como pedra fundamental, o Hospital onde foi descoberta a insulina, o que levou dois médicos a ganharem o Prêmio Nobel. Este hospital histórico ao ser desativado, seria derrubado e daria lugar a um prédio comercial. Ao invés disso, um grupo filantrópico se uniu, comprou o hospital e o terreno e, assim deram o ponta pé inicial para a criação do MARS.

Vídeo: Conheça o MARS: Maior HUB de Inovação em Saúde do Mundo!  (Parte I)

Doze anos depois, o MARS acaba de inaugurar um prédio completamente novo, onde fica o Facebook e, no último piso, se localiza o J&J Labs, espaço para startups de ciências da vida da Johnson&Johnson. Uma iniciativa pioneira, que permite que startups selecionadas usem o co-working com laboratórios estado da arte disponibilizados pela Johnson&Johnson.

IMG_2481

Foto: Delegação brasileira no J&J Labs

O que mais impressiona é que a conexão com a universidade é literal e acessos subterrâneos conectam o MARS, ao metrô e aos centros universitários mais próximos.

Mais do que isso, muitas das startups mais promissoras do MARS nasceram da universidade e encontram aqui um ambiente adequado para se desenvolver, encontrando capital de risco e expertise para que bons negócios sejam feitos tanto para os pesquisadores e universidades, quanto para o capital de risco.

IMG_2349

Foto: Painel com a Startup Blue Rock, durante o evento MARS Health Kick 2017 (cientistas, VCs, CEO do MARS e escritório de licenciamento intelectual no painel)

Um ótimo exemplo, é a startup Blue Rock, que nasceu de pesquisas focadas em terapia de regeneração celular de ponta realizadas por um grupo da universidade. A Venture Capital, Versant Capital, focada em ciências da vida, se interessou pela ciência, desenvolvida pela equipe do Dr. Gordon Keller, e negociou com a universidade para viabilizar a criação de uma startup baseada nesta tecnologia.

Em seguida, a Bayer se interessou pela empresa e foi anunciado um series A de USD 250 milhões, o segundo maior aporte de series A de ciências da vida da história, um marco significativo para todo o ecosistema e a demonstração clara dos resultados que o MARS vem trazendo para o Canadá.

 

E o mais impressionante, é que estes aportes estão se tornando cada vez mais frequentes, sendo que somente em 2017, mais duas startups receberam aportes superiores a USD 200 milhões.

Sem dúvida alguma, apesar de uma condição adversa inicialmente, a cidade de Toronto e a província de Ontário, souberam como atrair talentos, recursos e investimentos para criar o maior HUB de inovação em saúde do mundo. Um sucesso fruto de um GIGANTESCO esforço público-privado, além de grandes doadores que semearam a iniciativa.

Atenciosamente,

Fernando Cembranelli

CEO Berrini Ventures

fernando@hihub.co

Sobre Fernando Cembranelli

CEO e Founder do Health Innova HUB, Ecossistema Digital de Inovao em Sade. Mdico formado pela UNIFESP, com Residncia Mdica, em Administrao Hospitalar, pelo Hospital das Clnicas da Faculdade de Medicina da USP e MBA com foco em Healthcare Management pela Duke University Foi Co-fundador do EmpreenderSade, Gerente do Centro de Inovacao do Hospital das Clnicas da Faculdade de Medicina da USP e Partner da Live Healthcare (Portal Sade Business, Sade Business Frum e Healthcare Innovation Show).

Ola, deixe seu comentário para nossa comunidade!