5 Grandes Erros que Profissionais de Saúde Cometem com Dinheiro e como Evitá-los!

O neurocirurgião Francinaldo Gomes é hoje referência em Planejamento Financeiro e Investimentos, mas a sua trajetória nem sempre foi de altos.

Antes de alcançar a independência financeira, o Dr. Francinaldo passou por grandes dificuldades financeiras, o que fez com que ele buscasse conhecimento na área e entendesse como retomar o controle de seu dinheiro.

Hoje, Francinaldo propaga o seu conhecimento para colegas em todo o Brasil através do Saúde+Ação. Seu próximo curso será dia 21/10, em São Paulo:

 CLIQUE AQUI

cursoFinance
Enter a caption

Francinaldo mostra os grandes erros que profissionais de saúde cometem com seu dinheiro e te ensina a evitá-los.

1- Gastar mais do que ganha. Um dos erros mais frequentes dentre os profissionais de saúde é gastar mais do que ganha. Este erro compromete as finanças gravemente porque implica em pagamento de juros por conta de empréstimos e também em trabalho excessivo para cobrir déficits. Para evitá-lo é preciso ter um planejamento financeiro pessoal que possibilite adequar os gastos ao ganho.

CLIQUE AQUI

2- Esperar ter muito dinheiro para começar a investir. Grande parte dos profissionais de saúde procrastina o início dos investimentos por achar que precisa ter muito dinheiro par poder investir. É fato que, quanto mais dinheiro se tem, mais dinheiro se ganha. Entretanto, deve-se começar com o que se tem e, posteriormente, ir aumentando o valor conforme a disponibilidade. Lembrem-se que, na fórmula do juro composto, o tempo exerce efeito exponencial sobre o montante final.

Franc

3- Terceirizar o cuidado com o dinheiro. Os profissionais de saúde, por não entenderem sobre finanças e investimentos, costumam deixar para o gerente do banco ou mesmo um gestor, decidirem o que fazer com o dinheiro. Aqui vale a máxima “a melhor pessoa para cuidar do seu dinheiro é você mesmo”. Qualquer outra pessoa, seja ela quem for, irá apenas cobrar caro de você para cuidar do seu dinheiro pior do que você cuidaria. Para evitar este erro, o profissional de saúde precisa aprender a cuidar adequadamente do dinheiro que ganha, devendo fazer cursos, assistir palestras e consultar sites.

SAIBA MAIS:  CLIQUE AQUI

4- Achar que a busca por riqueza corrompe a atividade de saúde. É comum ouvir de colegas a frase “medicina e dinheiro não combinam”. Ora, todo profissional deve ser bem remunerado pelo trabalho que desempenha. Com o profissional de saúde isso não é diferente. O profissional de saúde deve sim preocupar-se em manter sua saúde financeira. Isto porque se estiver financeiramente saudável, irá desempenhar melhor a medicina e os pacientes serão os grandes beneficiados. Para evitar este erro, o profissional de saúde precisa entender que o seu trabalho é uma profissão e que uma boa remuneração é essencial para qualquer profissional.

Franc

5- Excesso de conservadorismo nos investimentos. Os poucos profissionais de saúde que investem acabam adquirindo produtos ruins por se julgarem demasiadamente conservadores. Eles adquirem previdência privada, CDBs que pagam menos que 100% do CDI ou mesmo deixam o dinheiro na caderneta de poupança. Na verdade, os profissionais de saúde acabam confundindo conservadorismo com medo. Pelo fato de terem pouco ou nenhum conhecimento sobre investimentos, acabam buscando produtos demasiadamente seguros e que, consequentemente, geram pouca ou nenhuma remuneração. Assim, há uma grande perda de oportunidade. Para evitar este erro é preciso entender que investimento é para a vida toda e que investir é para qualquer pessoa, não somente para os experts. Que existem formas de montar uma carteira de investimentos que seja rentável e segura, sem que haja perda de oportunidade. Para isso é preciso entender que o profissional de saúde deve aprender sobre finanças e investimentos.

 

Última oportunidade no ano, no dia 21/10, das 8-18h, no Espaço Envolve, teremos mais uma edição do excelente curso de Finanças Pessoais e Investimentos.

SAIBA MAIS:  CLIQUE AQUI

DATA E HORA:

sábado, 21 de outubro de 2017

08:00 – 18:00 (Horário de Verão de Brasília)

 

Obrigado,

Felipe Ricci

Health Innova HUB Development Program

Sobre Fernando Cembranelli

Médico formado pela UNIFESP, com Residência Médica, em Administracao Hospitalar, pelo Hospital das Clínicas da FMUSP e MBA com foco em Healthcare Management pela Fuqua School of Business (Duke University). Co-fundador do EmpreenderSaúde, Ex-gerente do Centro de Inovacao do HCFMUSP, partner da Live Healthcare Media e CEO do Health Innova HUB (Health Innovation HUB)

Ola, deixe seu comentário para nossa comunidade!