Como Construir um Ecossistema Forte Também para as Mulheres?

Durante uma leitura da Forbes, me deparei com um relato de Geri Stengel acerca do universo em que estão inseridas: masculino.

O mundo das startups no Brasil ainda é predominantemente masculino, sendo que quase 40% das empresas respondentes são formadas exclusivamente por homens. Os dados dos EUA não devem ser muito diferentes. É só lembrarmos de polêmicas de alguns meses atrás relacionadas ao Uber, por exemplo.

mulher1

“Encontrar uma outra empresa de desenvolvimento tecnológico feminino com ambições de escala no Arizona é como procurar o unicórnio mítico”, disse Vicki Mayo, cofundador da TouchPoint Solution, uma tecnologia portátil que reduz a problemas de estresse.

Então, quando ela ouviu falar da Cúpula do Projeto Empreendedor em Los Angeles, onde as mulheres empresárias tiveram a chance de se conectar umas as outras e organizar suas idéias com investidores, ela vislumbrou um futuro diferente.

O Project Entrepreneur é uma parceria entre as co-fundadoras da Rent Runway Jennifer Hyman e Jenny Fleiss e UBS. Ambas as empresas estão em missão: quebrar as barreiras tradicionais que as mulheres enfrentam no crescimento de suas empresas.

mulher1

As diretrizes apresentadas pelo projeto são similares as práticas do mercado, porém com divergências em pontos fundamentais.

  • Encontre uma sócia/co-fundadora com skills complementares a sua: é sempre interessante somar forças. Busque uma pessoa que tenham fit com a sua startup, mas que seja diferente e quando comparada a você;
  • Levante dinheiro de fundos de investimento que tenham sinergia com sua ideia: mais do que um investidor, é importante encontrar um parceiro;
  • Não faça sozinha: busque mentores que te engajem a pensar de forma única e te deixem fora da zona de conforto;
  • Aprenda e ensine: meetups, congressos, imersões, cursos, são ótimas iniciativas para entender o seu gap e o de seus colegas de ecossistema.

 

No Brasil, a Almah Group e a B2Mamy são excelentes iniciativas criadas por mulheres determinadas e brilhantes.

A Luciana Guimarães da Almah Group e a Marina Vaz da B2Mamy são duas das professoras do nosso Curso de Empreendedorismo e Inovação em Saúde, que acontecerá em Dezembro.

Durante o curso elas falarão sobre suas experiências liderando projetos e se tornando referências no mundo de Startups brasileiros.

PARTICIPE!

Participe do nosso Curso: Empreendedorismo e Inovação em Saúdeque acontecerá nos dias 7,8 e 9 de Dezembro, em São Paulo. O curso téorico-prático incluirá visitas à excelentes empreendedores e startups de São Paulo e aulas com alguns dos maiores empreendedores e inovadores em saúde do país.

FAÇA PARTE DA TRANSFORMAÇÃO!

faixa-curso-empreendedorismo-saude

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s