Como a brasileira OneSkin de Carolina Reis, brilha no mercado de biotecnologia do Silicon Valley!

Para nós, um dos pontos altos do Healthcare Trek 2017, nossa missão de saúde ao Vale do Silício, foi conhecer Carolina Reis, mineira,  graduanda em Bioquímica e Imunologia e PhD na mesma área, pela UFMG, ela enfrentou o desafio de lançar uma empresa de biotecnologia no Brasil e após muitas pivotagens e dois processos de aceleração, conseguiu levar a recém-incorporada One Skin para o Vale do Silício, para a aceleradora de biotecnologia, IndieBio.

Tendo menos de quatro meses para provar a viabilidade científica e econômica do seu projeto, ela após intensas negociações com diversos investidores conseguiu um aporte inicial e hoje está no co-working de biotecnologia QB3@953, desenvolvendo tecnologias para reverter o processo de envelhecimento da pele.

Sem dúvida alguma, o processo de cobrança é muito elevado entre as startups de biotecnologia do Vale do Silício, mas as perspectivas de crescimento também, sendo que cada vez mais empresas Farmacêuticas, apóiam startups biotecnológicas, com o objetivo de garantir o futuro de seu pipeline de lançamentos.

Para nós, foi uma grande alegria ver a OneSkin ser destacada entre as startups de sucesso do QB3@953, após captação de USD 2 milhões.

Captura de Tela 2017-10-17 às 16.58.21

Foto: Histórias de sucesso do QB3@953

9FAE94A2-C7BC-4285-93A8-37AAECC4D4A3

Foto: Apresentação da Carolina Reis, CEO da OneSkin

4CA5689E-7FAA-44D2-9559-C83AB43E122E

Foto: Grupo HealthcareTrek 2017, na OneSkin

Atenciosamente,

Fernando Cembranelli

CEO Health Innova HUB

Sobre Fernando Cembranelli

Médico formado pela UNIFESP, com Residência Médica pelo Hospital das Clínicas da FMUSP e MBA com foco em Healthcare Management pela Fuqua School of Business (Duke University). Co-fundador do site EmpreenderSaúde, sócio da Live Healthcare Media e CEO do Health Innova HUB/Berrini Ventures (Hub de Inovação em Saúde e Aceleradora de Startups de Saúde Digital, líderes no Brasil)