As cinco razões que tornam empreender em saúde no Brasil (quase) impossível!

Por vocação e dedicação, desde 2010 trabalho diariamente com empreendedorismo em saúde no Brasil. Tendo vivido fora do Brasil durante meu MBA, pude experimentar como é empreender em saúde em outros países, especialmente nos Estados Unidos.

Para mim, estas são as cinco principais razões que tornam empreender em saúde no Brasil especialmente difícil:

1- O profissional de saúde não tem treino algum durante sua formação, de administração, trabalhar em equipe, vendas, plano de negócios, etc. Contudo, é ilusão pensar que este tipo de conhecimento faz parte do currículo médico em outros países, o que acontece é que é muito mais fácil para graduandos buscarem este conhecimento, caso o tenham, seja por via das matérias optativas, seja por fazer parte de seu curso em outra faculdade, por exemplo durante meu MBA em Duke, tinha colegas graduandos da Medicina comigo, que continuaram suas carreiras médicas posteriormente

2-A formação em saúde enfatiza não errar, enquanto no empreendedorismo errar é absolutamente necessário, focando-se errar rápido. Parece uma mudança sutil, mas não é, o modelo mental é completamente diferente e me levou anos para me adaptar a esta mudança.

3-Empreender em Saúde é uma opção de longo prazo, que cobrará um alto preço em sua vida pessoal e familiar, este é um caminho solitário e percorrê-lo deve ser uma decisão absolutamente individual, não devendo ser levada em consideração histórias de sucesso de pessoas próximas. Há um preço a ser pago.

4-Num país como o Brasil, uma empresa sobreviver já é um feito, se prosperar então já alcançou uma façanha. Mais do que desejo, empreender envolve o desenvolvimento de novas habilidade e se desenvolver como pessoa e como líder, principalmente referente a novas escolhas. Demitir não será fácil, assim como reconhecer que para ser um grande gestor, não basta cortar custos. Mesmo atuando há sete anos como gestor e inovador em saúde, ainda tenho tanto a aprender e tanto há melhorar.

5-Foque no longo prazo. Enquanto como profissional de saúde, uma vez devidamente formado, é possível obter uma renda mensal elevada, como empreendedor em saúde é fundamental focar no longo prazo. Jeff Bezos, da Amazon, sempre enfatiza o foco no longo prazo da companhia, aceitando prejuízos trimestrais ou modestos, em troca do crescimento e fortalecimento da companhia. Enquanto isso, players focados em resultados de curto prazo definharam, como Sears, Circuit City e a antes temida Barnes&Noble.

Por isso, não deixe de conhecer o nosso Curso de Empreendedorismo e Inovação em Saúde, que vai te levar a uma jornada de transformação na identificação, desenvolvimento e lançamento de novas soluções em saúde.

Screen Shot 2017-08-07 at 3.26.01 PM

Atenciosamente,

Fernando Cembranelli

CEO Health Innova HUB

 

Sobre Fernando Cembranelli

Médico formado pela UNIFESP, com Residência Médica pelo Hospital das Clínicas da FMUSP e MBA com foco em Healthcare Management pela Fuqua School of Business (Duke University). Co-fundador do site EmpreenderSaúde, sócio da Live Healthcare Media e CEO do Health Innova HUB/Berrini Ventures (Hub de Inovação em Saúde e Aceleradora de Startups de Saúde Digital, líderes no Brasil)

2 Respostas

  1. Concordo plenamente já me aventurei em alguns investimentos e todos vão lentos, um colega medico já me apelidou de maratonista.
    Minha escola foi de vários cursos por curiosidade até que fiz um mba da fgv
    Vamos ajudar a outros médicos pensarem a longo prazo e realizar os sonhos

    Curtir

Os comentários estão encerrados.