Vídeo: Por quê é (URGENTE) repensar a gestão da saúde populacional ?

Estamos começando o TREK do Saúde Populacional DISRUPT 2017 e quatro tópicos nos fizeram escolha a gestão da saúde populacional como nosso próximo tópico:

  •  Os custos em saúde suplementar estão subindo dois dígitos ao ano
  • Temos muitos dados em saúde, mas estes estão desorganizados e não se integram
  • Não estamos gerindo a saúde, mas sim gerindo os custos, a fim de controlar a sinistralidade
  • Não há incentivo para implementar ferramentas inovadoras de gestão de saúde populacional

Você considera este quadro sustentável? Nós, NÃO, por isso provocamos vocês, a vir no TREK do Saúde Populacional DISRUPT, conosco.  PARTICIPE: CLIQUE AQUI

Segue abaixo, um breve vídeo que fiz sobre este assunto:

Acompanhe os nossos próximos vídeos e discussões sobre este assunto: CLIQUE AQUI

Atenciosamente,

Fernando Cembranelli

CEO Health Innova HUB/Berrini Ventures

Sobre Fernando Cembranelli

Médico formado pela UNIFESP, com Residência Médica pelo Hospital das Clínicas da FMUSP e MBA com foco em Healthcare Management pela Fuqua School of Business (Duke University). Co-fundador do site EmpreenderSaúde, sócio da Live Healthcare Media e CEO do Health Innova HUB/Berrini Ventures (Hub de Inovação em Saúde e Aceleradora de Startups de Saúde Digital, líderes no Brasil)

1 Resposta

  1. Ponto muito relevante no cenário atual. Se olharmos “macrotrends” globais (me perdoe o anglicanismo) temos: aumento da população urbana, redução da qualidade de vida, deterioração da qualidade da alimentação e exaustão dos sistemas de saúde (Governos de todo o mundo sofrem ao tentar prover acesso, mesmo em países de 1o mundo). Nós, na Farmaki, entendemos o claro impacto do custo da saúde, tempo e dinheiro, em todas as camadas e isso é o que nos move todos os dias. Um ponto que me desperta atenção é que sempre que se fala em “acesso à saúde” foca-se muito no baixo custo das consultas/exames mas sempre esquecem da última perna, o custo dos medicamentos. Como você enxerga isso?

    Curtir

Os comentários estão encerrados.